• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Os nove detidos por vaga de assaltos em Famalicão eram quase todos familiares explica a PSP

12/02/2019 00:02

Os suspeitos de envolvimento em cerca de duas dezenas de assaltos em Vila Nova de Famalicão e Guimarães, ontem detidos, “atuavam em grupo e de forma organizada” e “eram praticamente todos familiares entre si”, revelou a PSP.

A PSP deteve nove homens em Famalicão e Guimarães suspeitos de cerca de duas dezenas de assaltos a estabelecimentos comerciais, residências e garagens naqueles dois concelhos.

Em conferência de imprensa, o chefe do Núcleo de Investigação Criminal da PSP de Famalicão, Dennis da Cruz, acrescentou que os nove detidos são “praticamente todos familiares entre si”, sendo dois deles menores, com 15 e 16 anos.


A investigação durava há cerca de três meses e culminou ontem com o cumprimento de dez mandados, nove dos quais em Famalicão, mais concretamente nas freguesias de Calendário, Pelhe, Delães e Lousado.

A outra busca decorreu na cidade de Guimarães.

Na operação, foi apreendido diverso material furtado, como LCD, relógios, computadores, chocolates e bolachas.

Foram ainda apreendidos equipamentos do FC Porto, já que a loja deste clube em Famalicão foi um dos alvos.

A PSP apreendeu igualmente armas de fogo e armas brancas e 352 doses de haxixe.


Os detidos de 15 e 16 anos vão ser ouvidos no Tribunal de Família e Menores de Famalicão, enquanto os restantes serão apresentados no Tribunal Judicial da mesma comarca.

O mais velho dos detidos tem 48 anos.

A Associação Comercial e Industrial de Vila Nova de Famalicão já tinha manifestado, em comunicado, preocupação pela vaga de assaltos, considerando que estava a colocar em causa a atividade económica dos seus associados e dos comerciantes em geral.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting