• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Vila Verde arranca Mês do Romance com nova linha ‘Ar do Minho’

26/01/2019 09:02

António Vilela presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, destacou o “talento” dos empreendedores que integram a marca ‘Namorar Portugal’. Ontem foi apresentada uma nova linha.

Os corações adornados a linha de seda para trazer à lapela, em porta-chaves, porta-moedas ou até mesmo para servir de almofada ao Menino Jesus compõem a nova linha de produtos ‘Ar do Minho’, que integra a marca ‘Namorar Portugal’ de Vila Verde. A nova linha foi ontem apresentada publicamente, dando arranque oficial à programação do Mês do Romance com a Semana da Tradição.


A linha de produtos feitos e bordados à mão com o talento das irmãs bracarenses, Amélia e Rita Barbosa e Silva, é uma das três novas linhas ‘Namorar Portugal’ que vão ser apresentadas este ano, ampliando o leque de produtos da marca, que conta neste momento já com 45 linhas diferentes.

Contam as irmãs que a inspiração para a criação desta nova linha de produtos vem de longa data, ainda do seu tempo de meninice, já que era em Vila Verde, mais especificamente em Soutelo, que costumavam passar grande parte das suas férias grandes de Verão - e foi precisamente nesse tempo que ali aprenderam a bordar naquela que outrora foi a ‘Obra das Mães’, entretanto transformada em Casa do Povo de Vila Verde.


“Nunca mais deixámos de bordar”, confessou Amélia, a irmã mais velha, que partilha o mesmo gosto e apetência com a irmã Rita. “Gostámos desde sempre de trabalhos manuais e a ideia para esta linha de produtos surgiu depois de termos elaborado alfinetes em coração para as mulheres da família. Recebemos o convite para integrar esta marca e cá estamos nós”, referiram as detentoras da linha ‘Ar do Minho’.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, fez questão de marcar presença no evento, que arrancou oficialmente a programação do ‘Mês do Romance’. Evidenciando “a grande qualidade” dos produtos da marca ‘Namorar Portugal’, o autarca vilaverdense apontou para “o talento” dos empreendedores.


“A marcar ‘Namorar Portugal’ é um desafio ao talento das pessoas que tem sido muito tem recebido por parte de pessoas muito talentosas e inspiradoras. Sem dúvida que o sucesso desta marca é o resultado do talento que estas pessoas colocam nos seus trabalhos e, por isso, são bem-vindos a juntar-se a esta parceria na afirmação desta marca”, frisou o presidente de Vila Verde.


“À conquista de mais mercado”
A vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, destacou que ao longo da programação do ‘Mês do Romance’ serão mais de 100 iniciativas promovidas ao longo de 38 dias.
“Muito vai acontecer e um pouco em todo o território desde Lisboa, ao Porto, Monção, Amares, etc.”, sublinhou a responsável, indicando que o grande objectivo é “chegar a cada vez mais público e com a marca a conquistar mais mercado”.

Workshops e mostra ‘Namorar Portugal’ no Cais de Gaia
Hoje realiza-se um dos inúmeros workshops que terão lugar todos os sábados e domingos durante a programação do ‘Mês do Romance’. O workshop de hoje intitula-se ‘Desenho e Bordado’ e vai ter lugar entre as 10 e as 12 horas no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde.


Também hoje à tarde, às 15 horas, é apresentado o o produto ‘Amor da Joana 2019’, em Cabanelas. Também à tarde realiza-se o workshop ‘Folha de Estanho-Gravação’, no Espaço Namorar Portugal.


Hoje e amanhã a marca ‘Namorar Portugal’ está no coração do Cais de Gaia a exibir todos os seus produtos.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting