• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Batalha de cartões termina com empate entre Estoril e Arouca

09/01/2019 18:57

O Estoril não foi hoje além de um empate a um golo na receção ao Arouca, num jogo da 16.ª jornada da II Liga de futebol marcado pelos 11 cartões amarelos e dois vermelhos.

Longe da qualidade de outros encontros, o Estoril foi surpreendido pelo golo de Adílio aos 28 minutos e já só conseguiu responder aos 73, por Sandro Lima, numa altura em que estava reduzido a dez elementos. O árbitro António Nobre colocou-se no centro da contestação dos adeptos estorilistas com um critério apertado, apesar de se aceitarem as decisões de expulsar Roberto e Rafael Furlan.

O Arouca soube tirar partido desse nervosismo instalado. As inúmeras queixas físicas dos seus jogadores no primeiro tempo deram mesmo azo a sete minutos de compensação, e a formação arouquense conseguiu ir em vantagem para o intervalo.

O Estoril tinha melhorado um pouco o rendimento na reta final dos 45 minutos iniciais e regressou dos balneários por cima, mas ainda com falta de clarividência. Já o Arouca ia gerindo o tempo e o jogo na perspetiva de um importante triunfo para as suas contas, beneficiando da expulsão de Roberto.

Todavia, uma boa jogada do ataque estorilista proporcionou o golo do empate a Sandro Lima. Reacendeu-se a chama de uma reviravolta, mas a exclusão de Furlán voltou a criar dificuldades inesperadas. Depois, foi o azar também a dizer presente, com o remate de Sandro Lima a bater no poste já em tempo de descontos.

O Estoril somou o segundo jogo seguido sem ganhar e atrasou-se na corrida pela promoção, ocupando o terceiro lugar, com 30 pontos, atrás de Famalicão (34) e Paços de Ferreira (37). Por sua vez, o Arouca passou soma 14 pontos e subiu ao 16.º posto.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.

Estoril Praia - Arouca, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Adílio, 28 minutos.

1-1, Sandro Lima, 73.

Equipas:

- Estoril Praia: Thierry Graça, João Góis, Diakhité, Diney, Rafael Furlan, João Patrão, Filipe Soares (Matheus, 70), Aylton Boa Morte (Pedro Queirós, 84), Sandro Lima, Roberto e Dadashov (Jonata, 67).

(Suplentes: César Augusto, Pedro Queirós, João Pedro, Matheus, Gomes, Gonçalo Santos e Jonata).

Treinador: Luís Freire.

- Arouca: Stefanovic, Pedro Pinto, Massaia, Benny, Kiko (Sánchez, 66), Adílio, Didi, Bruno Alves (Soares, 70), Bukia, Fortes (Arteaga, 64) e Malele.

(Suplentes: Rui Vieira, Soares, Correia, Sánchez, Bertaccini, Thales Oleques e Arteaga).

Treinador: Quim Machado.

Árbitro: António Nobre (AF Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Adílio (8), Dadashov (26), Kiko (52), Roberto (58), Massaia (59), Rafael Furlan (71 e 81), Arteaga (77), Stefanovic (78), Pedro Queirós (90+1). Cartão vermelho direto para Roberto (58) e por acumulação de amarelos para Rafael Furlan (81).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.

Batalha de cartões termina com empate entre Estoril e Arouca

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting