• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

MAI promete tolerância zero em matéria de segurança rodoviária

09/01/2019 00:02

O ministro da Administração Interna manifestou-se preocupado com os dados da sinistralidade rodoviária registados em 2018 e afirmou que será estabelecida uma “intervenção de tolerância zero” e “acompanhamento político” nas áreas de maior risco.

Dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária indicam que 513 pessoas morreram em acidentes rodoviários no ano passado, mais três do que em 2017, registando-se uma subida pelo segundo ano consecutivo do número de mortos.


Eduardo Cabrita explicou que 77% dos acidentes verificam-se dentro das localidades, 50% das vítimas mortais estão dentro das localidades e um número significativo corresponde a atropelamentos.


Os dados da ANSR mostram também que o número de acidentes aumentou em 2018, tendo sido registados 132.378 desastres nas estradas portuguesas, mais 2.170 do que no ano anterior.

Por sua vez, o número de feridos graves registou uma ligeira diminuição no ano passado, totalizando 2.093, menos 105 do que em 2017.