• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Menino de Belém e S. Francisco presentes no presépio de Montariol

29/12/2018 09:42

Figuras podem ser apreciadas no presépio existente no interior da igreja. Presépio movimentado é uma das tradições que todos os anos atrai milhares de pessoas ao Colégio de Montariol.

Um Menino Jesus de Belém, igual ao que existe na Gruta da Natividade, em Belém (Palestina), e a imagem de S. Francisco podem ser aprecidados, até ao dia 13 de Janeiro, no presépio existente na igreja do Colégio de Montariol.


O presépio foi montado pelos frades do colégio, que responderam a um desafio.


“Houve um senhor de fora que nos disse: falta aqui uma peça. Nós respondemos que está o pai, a mãe e os pastores e o senhor disse novamente: o presépio teve origem com S. Francisco, vocês são Franciscanos e por isso S. Francisco devia estar aqui”, justificou Frei Perdigão, responsável pelo Colégio de Montariol.

Outra das curiosidades é a origem da imagem do Menino Jesus. “Este Menino é o que está em Belém, na Palestina, na gruta onde nasceu Jesus. Foi feito lá e veio para aqui. É o Menino de Belém”, frisou Frei Perdigão.


No átrio da Igreja, um outro presépio, este movimentado, tem atraído todos os anos milhares de pessoas.


“Foi o primeiro presépio movimentado feito no distrito de Braga”, realçou Frei Perdigão, informando que o mesmo tem sido feito com regularidade desde 1926. “A partir de então tem-se feito todos os anos. Só um ano ou outro é que não se conseguiu fazer o presépio. Os estudantes assumiram o presépio e fizeram as pinturas, com a Adoração, com os Magos”, afirmou Frei Perdigão.

De há uns anos para cá a tarefa de executar o presépio cabe ao Agrupamento de Escuteiros de Montariol. “É uma tentativa de aproximação aos usos e costumes, trabalhos e indumentárias da Palestina no tempo de Jesus”, declarou Frei Perdigão.

Este ano, o presépio apresenta como principal novidade a remodelação de algumas imagens. “A novidade deste ano é precisamente o facto de algumas imagens, que eram de madeira tosca, já serem esculpidas em madeira por especialistas”, explicou Frei Perdigão.


O chefe do Agrupamento 660 dos Escuteiros de Montariol, Baltazar Peixoto, responsável pela montagem do presépio movimentado, destacou também a renovação das figuras como a principal novidade.


“Estamos com uma campanha de renovação dos bonecos movimentados. Pretendemos fazer a renovação até ao centenário do Colégio de Montariol em 2026. O ano passado renovamos os bonecos da cabaninha e este ano remodelamos os bonecos dos madeireiros”, disse Baltazar Peixoto.

O chefe dos Escuteiros de Montariol revelou ainda que o presépio constitui já uma tradição, principalmente desde 1993, altura em que os escuteiros assumiram a responsabilidade da montagem. “É uma honra manter esta tradição de construir o presépio. É o presépio mais movimentado mais antigo da cidade”, destacou Baltazar Peixoto, destacando que toda a comunidade dos escuteiros foi envolvida. “Tentamos incentivar os mais novos a terem responsabilidades na construção do presépio. Os mais velhos começam em Novembro e os mais novos em Dezembro”, disse Baltazar Peixoto.