• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Professores e Governo fazem hoje nova tentativa para chegar a acordo

18/12/2018 06:42

Os professores e o Governo voltam hoje à mesa das negociações, para uma reunião suplementar pedida pelos sindicatos, que levam para discussão a terceira proposta sindical para recuperação integral do tempo de serviço congelado.

O encontro está marcado para as 10:30, no Ministério da Educação, e volta a juntar as dez estruturas sindicais que têm negociado a recuperação integral do tempo de serviço congelado – nove anos, quatro meses e dois dias – à mesma mesa com o Governo, que se mantém irredutível na sua proposta de apenas devolver dois anos, nove meses e 18 dias.

A proposta dos sindicatos tem por base – mas não é exatamente igual, adiantaram os sindicatos - aquela que foi acordada entre professores e governo regional da Madeira, onde a devolução de todo o tempo congelado é já uma garantia a partir de 2019, a um ritmo de 1,5 anos de tempo de serviço em cada ano civil, até 2025.

Os sindicatos dos professores do território continental, que inicialmente queriam ver o todo o tempo recuperado até ao final da próxima legislatura, ou seja, até final de 2023, admitem agora que o processo se prolongue e querem que o Governo permita, nos casos em que seja mais favorável aos docentes, converter algum desse tempo congelado em tempo para a aposentação.