• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

‘Roupa velha’ é rainha da Feira de Natal de Monsul

16/12/2018 09:42

Na Feira de Natal de Monsul, Póvoa de Lanhoso, a ‘roupa velha’ assume-se ex-libris da tradição natalícia.

Assumir a ‘roupa velha’, um prato típico da época natalícia, como o símbolo da Feira de Natal do Baixo Concelho, é o objectivo da Junta de Freguesia de Monsul, entidade que, com o apoio da Câmara Municipal, promove este evento pelo quinto ano consecutivo. Depois do jantar de Natal, que reuniu, na noite de sexta-feira, cerca de 200 participantes, a inauguração oficial do evento decorreu na tarde de ontem, num momento que contou com a presença da Junta de Freguesia de Monsul, presidida por José Manuel Tinoco, da Câmara Municipal, com a presença do presidente Avelino Silva e da vice-presidente Gabriela Fonseca, assim como do padre Rafael Poças.

Três dias de animação e de promoção do melhor que o baixo concelho tem para oferecer. Aos 24 expositores, junta-se um programa de animação. Depois de 4fun, DJ Ruy Vercetti e Minhotos Marotos, a tarde de hoje conta com concertinas e cantares ao desafio, assim como a prova cega de vinhos verdes e o coro das ‘Lavadeiras do Cávado’.


No ano passado, dez produtores do baixo concelho trouxeram os seus néctares até à Feira de Natal. Um momento de convívio e confraternização que traz até Monsul visitantes de vários pontos do concelho, assim como de concelhos vizinhos.


A Feira de Natal é já uma marca da programação natalícia do concelho da Póvoa de Lanhoso.

De tudo um pouco ali se pode encontrar. Bolos caseiros, compotas, produtos de fumeiro, frutas e hortaliças, animais, livros, pinturas e várias propostas de artesanato. Fazer compras e degustar várias iguarias, como a roupa velha, os rojões, as papas, entre outras propostas, com um espaço de restauração com duzentos lugares sentados, é o que se propõe a quem visita a Feira de Natal do Baixo Concelho, que decorre até ao final do dia de hoje, no pavilhão gimnodesportivo, junto ao Centro Escolar do Cávado.


O balanço destes anos é muito positivo, como destaca o presidente da Junta de Freguesia de Monsul, que considera a Feira de Natal como uma aposta ganha. Agradecendo a todas as associações e pessoas cujo contributo é imprescindível para a realização do evento, Avelino Silva, presidente da Câmara Municipal, considerou que, com esta feira, se promove a cultura e o comércio, dando conta da disponibilidade da autarquia em continuar a apoiar a iniciativa, dado que, no baixo concelho, nunca se realizou um evento desta dimensão.