• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Beto acredita num “futuro risonho” para a seleção portuguesa

19/11/2018 15:42

O guarda-redes Beto mostrou-se hoje convicto que a seleção portuguesa de futebol vai, no futuro, continuar no lote das melhores, pela muita facilidade que tem para gerar talentos.

Na antecâmara do jogo com a Polónia, que vai encerrar o Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, o guarda-redes, de 36 anos, recusou confirmar se vai cumprir a 16.ª internacionalização por Portugal na terça-feira, mas, como jogador mais velho entre os 25 jogadores convocados por Fernando Santos, olhou com otimismo para as novas gerações de jogadores que estão a emergir no país.

A questão das gerações e da renovação é um processo natural, não só no futebol, como na vida. Vejo um futuro risonho para a seleção. Olho para esta seleção com orgulho e confiança. Portugal sempre teve jogadores de enorme qualidade e é um país que gera talentos com muita facilidade, disse, na conferência de antevisão ao jogo, decorrida no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

O jogador do Goztepe, da I Liga turca, realçou que o conjunto luso, apesar de já ter garantido a presença na fase final da prova, em junho de 2019, e do adversário já ter sido despromovido à Liga B, vai jogar de maneira séria, até porque vai jogar em casa, frente aos seus adeptos, e é candidata a vencer a Liga das Nações.

Portugal é candidato. Nesse momento, Portugal tem esse ADN, de jogar sempre para ganhar. Favoritos não [somos], [mas] candidatos sim, disse.

Beto comentou ainda as carreiras dos colegas guarda-redes na seleção, tendo dito que Rui Patrício, jogador com 77 internacionalizações, teve o seu processo natural de evolução e de crescimento e está melhor guarda-redes, melhor colega e melhor pessoa, o que beneficia a seleção e a sua equipa, o Wolverhampton, da liga inglesa.

O guardião formado no Sporting disse também que Cláudio Ramos, guarda-redes do Tondela, que cumpriu o primeiro jogo pela equipa das ‘quinas` em 14 de outubro, diante da Escócia (triunfo luso por 3-1), tem mostrado qualidade, capacidade de aprendizagem e humildade suficientes para integrar o grupo treinado por Fernando Santos.

A seleção portuguesa recebe a seleção da Polónia, num jogo do Grupo 3 da Liga das Nações, marcado para as 19:45 de terça-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.