• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Tondela vence em Setúbal e deixa Braga muito perto da final four da Taça da Liga

18/11/2018 19:57

O Tondela venceu hoje no terreno do Vitória de Setúbal, por 2-1, e ainda pode chegar à ‘final four’ da Taça da Liga, mas nas contas do Grupo B é o Sporting de Braga que está em vantagem.

Para vencer o grupo, o Tondela, que tem um saldo nulo de golos, enquanto os minhotos têm um saldo positivo de seis, terá de golear o Nacional na última jornada e esperar por uma derrota do Sporting de Braga com o Vitória de Setúbal.

No duelo do Estádio do Bonfim, em que ambos os treinadores fizeram muitas mexidas no ‘onze’, Jaquité, aos 45+1 minutos, e Ricardo Alves, aos 61, fizeram os golos do Tondela, enquanto os setubalenses só conseguiram marcar aos 90 minutos, numa grande penalidade convertida por Zequinha.

Os primeiros 30 minutos de jogo foram equilibrados, mas desinteressantes em termos de emoção. A exceção foi um golo invalidado ao Tondela, por pretensa falta de Ricardo Alves sobre o guarda-redes Cristiano, aos 21 minutos, lance que foi muito contestado pelos beirões.

O Vitória de Setúbal, obrigado a vencer para adiar para a última jornada do grupo a decisão do apuramento com o Sporting de Braga, só conseguiu levar perigo à baliza contrária, aos 35 e 39 minutos, em ocasiões flagrantes desperdiçadas por Jhonder Cádiz.

Eficácia não faltou ao Tondela, que aproveitou a derradeira jogada do primeiro tempo, para ir para o intervalo a vencer. Aos 45+1 minutos, o guineense Jaquité desferiu um remate forte e colocado, de fora da área, que não deu hipóteses de defesa a Cristiano.

No segundo tempo, os vitorianos entraram melhor, mas foi o Tondela a ampliar a vantagem na sequência de um canto de João Mendes que Ricardo Alves respondeu com um cabeceamento certeiro, aos 61 minutos.

O Vitória conseguiu chegar ao golo, aos 90 minutos, através da conversão de uma grande penalidade convertida por Zequinha.

Jogo no Estádio do Bonfim, em Setúbal.

Vitória de Setúbal-Tondela, 1-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Jaquité, 45+1 minutos.

0-2, Ricardo Alves, 61.

1-2, Zequinha, 90 (grande penalidade).

Equipas:

- Vitória de Setúbal: Cristiano, Luís Cortez, Dankler, Artur Jorge, Nuno Pinto, José Semedo, Rúben Micael, Zequinha, Costinha (Erasmus, 62), Alex Freitas (Valdu Té, 73) e Jhonder Cádiz (Allef, 83).

(Suplentes: Milton Raphael, Gustavo Cascardo, Pedro Pinto, Éber Bessa, Erasmus, Allef e Valdu Té.)

Treinador: Lito Vidigal.

- Tondela: Pedro Silva, Fahd Moufi, Ricardo Costa, Ricardo Alves, João Reis, Jaquité (Bruno Monteiro, 69), João Mendes, Tembeng, Delgado, Pité (António Xavier, 77) e Cristián Arango (Patrick, 66).

(Suplentes: Diogo Silva, António Xavier, Patrick, Sergio Peña, Tomané, Joãozinho e Bruno Monteiro.)

Treinador: Pepa.

Árbitro: Rui Costa (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Jaquité (23), Costinha (51), José Semedo (63), Rúben Micael (71), Pité (72), Tembeng (83) e Ricardo Costa (89).

Assistência: 1.719 espetadores.