• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Administradores defendem via verde no cancro para reduzir espera exagerada

15/11/2018 00:02

O presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares, Alexandre Lourenço, defende a criação de vias verdes na oncologia como forma de reduzir o tempo ainda “demasiado grande” entre o diagnóstico de cancro e o início do tratamento.

Este vai ser um dos temas em debate no Fórum do Medicamento, que decorre amanhã em Lisboa, iniciativa da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares, segundo disse à agência Lusa o presidente do organismo, Alexandre Lourenço.

Alexandre Lourenço explicou que um dos casos concretos em discussão será a criação de uma via verde para o cancro do pulmão, uma patologia em que é “completamente crucial” iniciar o tratamento o mais cedo possível.

Os administradores hospitalares reconhecem que no caso da oncologia o acesso a consultas é menos dificultado do que noutras especialidades, mas os tempos de espera “continuam a ser exagerados”.

No caso do cancro do colo e do reto, por exemplo, Alexandre Lourenço afirmou que continuam a registar-se dificuldades no acesso aos exames, às colonoscopias.