• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Pena suspensa para homem de Póvoa de Lanhoso por violência sobre a mãe

08/11/2018 00:02

O Tribunal Judicial de Guimarães condenou a três anos e meio de prisão, com pena suspensa, um homem de Serzedelo, Póvoa de Lanhoso, por violência doméstica sobre a mãe, uma invisual de 61 anos.

O arguido, de 29 anos, vai ainda ter de pagar uma indemnização de 5.000 euros à mãe.

Fica também proibido de manter contactos com a mãe durante três anos e terá de frequentar um programa específico de prevenção de violência doméstica.

Segundo o tribunal, os maus-tratos infligidos pelo arguido à mãe perduraram durante um ano e traduziram-se em injúrias, agressões físicas e extorsões.

O coletivo de juízes sublinhou a elevada ilicitude da conduta do arguido, mas decidiu suspender a pena, considerando que ele não tem antecedentes criminais, que confessou integralmente os factos e que manifestou arrependimento.