• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Estudo revela que trombectomias podem reduzir incapacidades de doentes com AVC

29/10/2018 06:42

A incapacidade de um doente com acidente vascular cerebral (AVC) pode ser reduzida quando ao tratamento medicamentoso se acresce uma trombectomia, refere um estudo económico realizado em Portugal, a propósito do Dia Mundial do AVC, que hoje se assinala.

Em declarações à Lusa, Manuel Ribeiro, coordenador da unidade de Neurorradiologia de Intervenção do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho (CHVNG/E) e um dos médicos envolvidos na adaptação do estudo em Portugal, explicou que, para além de “reduzir a incapacidade dos doentes”, o estudo, também comprova ser possível “ter níveis de poupança elevados para o Estado”.

O estudo avaliou a relação custo/benefício da trombectomia e concluiu que o Estado pode obter uma poupança total de quase oito mil euros por doente ao recorrer a esta intervenção, do que apenas ao tratamento com medicação.

Manuel Ribeiro explicou ainda que a associação desta intervenção ao tratamento medicamentoso, apenas se aplica em 10% dos casos de doentes em Portugal com AVC, visto que são “os casos mais graves”.


Hoje assinala-se o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral, doença que afeta cerca de 30 mil pessoas por ano em Portugal, sobretudo na população com menos de 65 anos.