• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Estudo internacional coordenado na UMinho quer uniformizar métodos de controlo de qualidade das pontes

02/10/2018 00:02

Um estudo internacional, coordenado por um investigador da Universidade do Minho (UMinho), envolvendo cerca de 250 peritos, pretende uniformizar os métodos de controlo de qualidade das pontes europeias e reduzir diferenças de atuação entre países.

Em comunicado enviado à Lusa, a UMinho explica que o estudo coordenado pelo professor da Escola de Engenharia da UMinho José Campos e Matos vai ainda permitir a análise homogénea das condições e do nível de manutenção das pontes, sendo que a iniciativa decorre do projeto BridgeSpec, que junta 250 peritos de 37 países e conta com 800 mil euros de fundos europeus até 2019.


A UMinho refere que o BridgeSpec gerou tanto interesse que integra, além de universidades, projetistas, inspetores, donos de obra, concessionárias, diversas entidades estatais de gestão, como a Infraestruturas de Portugal e as congéneres da Alemanha, Holanda, Noruega, Estónia, Letónia e Islândia.


Em Portugal, explica a academia minhota, decorre um projeto-piloto em algumas pontes de alvenaria, betão e aço, sendo que o tema tem despertado a atenção de outras geografias, nomeadamente no Chile, Colômbia, África do Sul, EUA, Índia e Japão.