• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Revista ‘Manifesto’ pretende ser espaço de debate e reflexão

19/07/2018 09:17

Primeiro número da nova série da revista tem como tema central o populismo e pretende contribuir para a construção de um activismo político.

Um espaço de debate de assuntos polémicos. Foi desta forma que Milice Ribeiro dos Santos, da Associação Forum Manifesto, definiu o primeiro número da nova série da revista ‘Manifesto’, que ontem foi apresentado publicamente na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.

“Esta revista, que é sobre temas sociais e políticos, propõe-se debater e reflectir sobre questões essenciais e interrogar-se criticamente no campo aberto e alargado da esquerda. Pretende-se construir um pensamento político e um activismo político”, explicou Milice Ribeiro dos Santos.

Em destaque nesta primeira edição, que tem como ‘O Povo’, estão as questões ligadas ao populismo. “Até agora (o populismo) tem sido visto como de direita e que aqui é lançado com novas grelhas de leitura. Isso torna a revista polémica, e nós pretendemos isso, que se crie uma polémica sobre as temáticas sociais e políticas”, revelou Milice Ribeiro dos Santos.

O número 1 da nova série da revista já está esgotado, mas a Associação Fórum Manifesto pondera fazer uma reedição.

Entre os autores dos artigos da revista estão nomes como Henrique Barreto Nunes, Isabel do Carmo, Daniel Oliveira, Sampaio da Nóvoa, Ana Drago e Ana Margarida Carvalho.

A ‘Manifesto’ surgiu, sob a forma de jornal, em Outubro de 1993, tendo como director Ivan Nunes. Anos depois saiu como revista, na área do Bloco de Esquerda, sendo, na altura, dirigida por Miguel Portas.