• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Paço dos Duques em Guimarães recebe obra de Jean Baptiste Pillement

10/07/2018 21:02

O Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães, vai receber, na quarta-feira, a obra Paisagem com camponeses e rebanho, uma pintura de Jean Baptiste Pillement, revelou hoje em comunicado a Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN).

No documento, a DRCN explica que a apresentação da obra em destaque se realiza no âmbito de uma ação do Novo Banco Cultura com o propósito de disponibilizar ao público o seu património artístico e cultural, através de parcerias com museus e outras entidades culturais.

A assinatura do Protocolo de Cedência entre a DRCN e o Novo Banco vai realizar-se na quarta-feira, às 11:30, no Paço dos Duques de Bragança, e conta com a presença do Diretor Regional da Cultura do Norte, António Ponte, e o diretor-executivo do Novo Banco, António Ramalho.

Jean Baptiste Pillement foi um pintor paisagista do século XVIII, que fez parte da corrente Iluminista, com interesse pela pintura de paisagens.

Em junho, o Novo Banco cedeu três quadros de José Malhoa, ao museu com o nome do artista, nas Caldas da Rainha, e ao Centro de Artes de Figueiró dos Vinhos, depois de ter depositado cinco obras de artistas portugueses contemporâneos - João Hogan, Nikias Skapinakis, José de Guimarães, Júlio Resende e Luís Pinto Coelho - no Museu da Guarda.

De acordo com o Novo Banco, o espólio artístico da instituição, composto por 97 obras, deverá estar totalmente distribuído por museus de todo o país, nos próximos dois anos.

O processo teve início em janeiro, com o Museu Nacional dos Coches, a receber o óleo sobre tela “Entrada pública em Lisboa do Núncio Apostólico Monsenhor Giorgio Cornaro”, de finais do século XVII.

Em abril, o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, de Castelo Branco, recebeu uma pintura do século XVII, atribuída a Jan Fyt, pintor flamengo de naturezas mortas.

Em 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, o Museu Nacional de Arte Antiga passou a acolher o retrato da Condessa de Verdun, Anne Catherine Le Preudhomme, pintado por Elisabeth Louise Vigée Le Brun, uma das mais importantes pintoras francesas da segunda metade do século XVIII.

Em fevereiro, o secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, disse à Lusa que a coleção de fotografia do Novo Banco deverá ficar instalada no Convento São Francisco, em Coimbra.