• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Parlamento aprova voto de louvor pela nomeação de Tolentino Mendonça na Santa Sé

29/06/2018 20:42

A Assembleia da República aprovou hoje, sem qualquer deputado contra, um voto de louvor do PSD e CDS-PP pela nomeação do padre José Tolentino de Mendonça para arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano e bibliotecário da Santa Sé.

Além do PSD e do CDS-PP, também a maioria dos deputados do PS votaram a favor, mas Bloco de Esquerda, PCP, PEV, PAN optaram pela abstenção.

Juntaram-se ainda às abstenções quatro deputadas da bancada socialista: Isabel Santos, Isabel Moreira, Wanda Guimarães e Catarina Marcelino.

O papa Francisco nomeou na passada terça-feira o padre José Tolentino Mendonça para arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano e bibliotecário da Santa Sé.

José Tolentino de Mendonça, de 52 anos, tem desempenhado as funções de vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa e diretor da respetiva Faculdade de Teologia.

Segundo o texto conjunto do PSD e CDS-PP, o padre e poeta madeirense passa agora a tutelar a mais antiga biblioteca do mundo, um reconhecimento pelo seu percurso ímpar no seio cultural, intelectual e religioso.

Um dos mais destacados teólogos portugueses com projeção internacional, a sua vasta obra teológica tem sido norteada pela interseção entre o cristianismo e a cultura. Na área das letras, tem sido distinguido com diversos prémios pela sua obra poética e ensaística, salientando-se a sua sensibilidade e sentido de estética literária. Através da sua atividade académica, cultural e religiosa, tem incentivado o diálogo plural renovado com a sociedade, lê-se no texto.

No voto aprovado, o parlamento louva a nomeação do Padre José Tolentino Mendonça para Arcebispo Arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano e Bibliotecário da Santa Sé - ato que engrandece o nome de Portugal, da Igreja Católica Portuguesa e das letras portuguesas.