• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Arcos de Valdevez mostra no Porto como ajudou a fundar Portugal

20/06/2018 13:42

A recriação histórica do Recontro de Valdevez, associado à fundação da nacionalidade portuguesa, vai ser encenada dia 28 na estação de São Bento, no Porto, numa iniciativa promovida pela Câmara de Arcos de Valdevez.

A recriação daquele momento histórico tem início na estação de São Bento às 17:00 e, segundo adiantou o município do Alto Minho em comunicado, irá percorrer várias as ruas da Baixa do Porto.

A encenação contará com a participação de dezenas de figurantes representando figuras como Afonso Henriques, Afonso VII e respetivas guardas e escudeiros, num desfile acompanhado por música e a dança, típicas da época.

A escolha daquela estação de caminhos-de-ferro, explicou o município, prende-se com o facto de o duelo histórico entre Afonso Henriques e o primo Afonso VII, de Leão e Castela, estar também retratado, no átrio principal no icónico painel de azulejos de Jorge Colaço.

Esta recriação será ainda uma homenagem ao artista, já que em 2018 se comemoram os 150 anos do seu nascimento, frisou o município.

A encenação tem igualmente como objetivo apresentar à cidade do Porto a recriação histórica do Recontro de Valdevez que vai decorrer, em Arcos de Valdevez, nos dias 07 e 08 de julho, no Paço de Giela, monumento nacional com mais de 500 anos que reabriu portas em julho de 2015, totalmente reabilitado, num investimento de 1,4 milhões de euros.

Em 1141, os exércitos de Afonso Henriques, que viria a ser o primeiro rei de Portugal, e os de seu primo Afonso VII, de Leão e Castela, encontraram-se no Vale do Rio Vez, protagonizando um dos momentos mais importantes da fundação da nacionalidade, o Recontro de Valdevez.

Esta espécie de contenda ou torneio medieval evitou uma batalha quase certa que deu uma importante vantagem aos portucalenses e às ambições autonomistas do seu jovem monarca, explicou o município.