• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Religiões unidas pelo não á eutanásia, católicos distribuem 1,5 milhões de panfletos

28/05/2018 07:42

As religiões uniram-se, de forma inédita em Portugal, para tomar uma posição contra a despenalização da morte medicamente assistida, em que pressionam os partidos a não legalizar nem a eutanásia nem o suicídio assistido.

A tomada de posição aconteceu a duas semanas da votação, no parlamento, de quatro projetos, do PAN, BE, PS e PEV, para a despenalização e regulação da morte assistida, numa altura em que a Igreja Católica começou a distribuir cerca de 1,5 de panfletos contra as leis.

O “não” à despenalização uniu as comunidades Islâmica, Israelita, Budista, Hindu e Bahá’í, as Igrejas Adventista, Ortodoxa e Católica, a Aliança Evangélica e o Conselho Português de Igrejas Cristãs (COPIC) numa cerimónia, em 16 de maio, em Lisboa.

Manuel Clemente, o cardeal patriarca, felicitou a união das religiões contra a eutanásia, considerando que este é um sinal que deve dar que pensar aos legisladores.