• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Universidades do Minho e Valência acolhem sede europeia para a investigação microbiana

17/05/2018 10:42

As universidades do Minho e de Valência (Espanha) vão acolher a sede pan-europeia da Infraestrutura de Investigação de Recursos Microbianos uma plataforma que pretende facilitar o acesso e gestão legal de recursos microbianos.


Os recursos microbianos são microrganismos que representam uma miríade da biodiversidade invisível com relevância ambiental, industrial e clínica. Os microrganismos e seus produtos derivados têm um elevado impacto no bem-estar do ser humano pela capacidade de produzirem produtos milenares de fermentação, como a cerveja e o queijo, mas também de fornecerem antibióticos como a penicilina ou novas soluções biotecnológicas para aplicar na indústria alimentar, farmacêutica ou química.

Em comunicado enviado à Lusa, a Universidade do Minho (UMinho) revela que em Braga, no seu campus de Gualtar, vai ficar a sede estatutária do organismo e no campus de Paterna da Universidade de Valência vão ser instalados os serviços informáticos e telemáticos, apoiados pela LifeWatch, uma plataforma eletrónica de referência mundial na proteção, gestão e uso sustentável da biodiversidade.