• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Câmara de Barcelos abateu 3,4 ME à dívida em 2017

20/04/2018 19:42

A Câmara de Barcelos reduziu a dívida, em 2017, para 13,2 milhões de euros, sendo 12,2 milhões a entidades bancárias e 1,1 milhões a fornecedores, anunciou o município.

A 31 de dezembro de 2016, a dívida de curto prazo era de 1,6 milhões de euros e a dívida de médio e longo prazo situava-se nos 15 milhões, o que se significa que em 2017 se registou uma descida de 3,4 milhões.

A Prestação de Contas do Exercício Económico de 2017 do Município de Barcelos foi hoje aprovada, em reunião do executivo, e vai ser remetida à Assembleia Municipal para apreciação e votação.

Em comunicado, o município sublinha os “bons níveis” de execução orçamental, com receitas no valor de 62,5 milhões de euros (89,1% de execução) e despesas no valor de 50,6 milhões de euros (71%). Destaca ainda uma poupança corrente de 17,7 milhões de euros, um saldo financeiro de encerramento do exercício no valor de 12,9 milhões de euros e oo cumprimento dos prazos de pagamento a fornecedores, de 20 dias.

O exercício reflete o ambiente económico propício ao investimento e à arrecadação de receitas que se verificou em 2017, apresentando uma excelente execução das receitas fiscais resultantes das atividades económicas, como a derrama, loteamentos e obras”, refere o comunicado

A este nível, o Município diz ter conseguido “a melhor execução dos últimos quatro anos, registando taxas de execução superior a 100% nos impostos diretos, taxas e transferências”.

A despesa corrente, no valor de 32.8 milhões de euros, é “a mais baixa dos últimos quatro anos”, enquanto as despesas de funcionamento, no valor de 27,7 milhões de euros,” aumentaram ligeiramente em 2017, embora continuem inferiores aos anos de 2014 e 2015”.

O município regista também um aumento do número de trabalhadores com contrato de trabalho por tempo indeterminado, passando de 531, em 2016, para 597, em 2017.