• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Luís Castro assume importância de vencer o adversário direto Boavista

13/04/2018 15:42

O treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, disse hoje que é importante ganhar ao Boavista, no jogo da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, porque é um adversário direto pela primeira metade da tabela classificativa.

“O Chaves e o Boavista são duas equipas plenamente equivalentes, quer na pontuação na tabela [37 pontos], quer no resultado entre ambos, que deu empate. O objetivo é o mesmo para todos os jogos, queremos ganhar dentro do contexto de dificuldades que é a I Liga”, afirmou na antevisão ao encontro de sábado.

Dizendo que os ‘axadrezados’ se apresentam sempre em campo para ganhar, o técnico realçou que a equipa de Jorge Simão não altera as suas dinâmicas para jogar contra este ou aquele adversário, sendo fiel ao que tem sido a sua forma de olhar os jogos e às suas dinâmicas ofensivas e defensivas.

Luís Castro referiu que o Boavista chega rápido à baliza adversária, aproveitando os seus desequilíbrios, sendo uma das boas equipas do campeonato.

“O Boavista é bom, tão bom como nós, chegamos aqui foi por caminhos diferentes, mas são duas boas equipas da I Liga”, entendeu.

Depois de uma série de cinco jogos consecutivos sem vencer, depois de perder com o Tondela, Sporting, Sporting de Braga e Paços de Ferreira e empatar com o Belenenses, Luís Castro assumiu querer retomar a senda das vitórias, acreditando estarem mais próximas de acontecer em função do que a equipa joga e da capacidade de colocar a sua forma de jogar em campo.

Sublinhando ser importante ganhar ao Boavista por ser um adversário direto na luta pela primeira metade da tabela classificativa, o treinador garantiu uma equipa motivada e empenhada.

O Desportivo de Chaves, no oitavo lugar, com 37 pontos, visita o Boavista, sétimo, com os mesmos pontos, no sábado, às 18:15, em jogo da 30.ª jornada da I Liga.