• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Ataque de bombista suicida na Líbia faz pelo menos oito mortos e oito feridos

30/03/2018 10:57

Pelo menos oito pessoas morreram e outras oito ficaram feridas num atentado suicida contra uma barreira de segurança na Líbia, revelaram hoje as autoridades policiais da cidade de Akhdabiya, situada a leste de Trípoli.

Segundo o relato do general Fawzi al-Mansuri, chefe da segurança local, um bombista suicida lançou um veículo armado com explosivos contra uma barreira das forças leais ao marechal Khalifa Haftar. A maioria das vítimas são civis.

Cinco pessoas terão morrido à chegada ao hospital pouco depois do atentado, revelou um funcionário do hospital público da cidade. Três dos 11 feridos que deram entrada no hospital faleceram mais tarde, acrescentou a mesma fonte, pedindo para não ser identificada, conta a AFP.

Nenhum grupo assumiu até agora a autoria do ataque.

Este foi o segundo atentado deste tipo em menos de um mês na região. Um primeiro atentado suicida, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), deixou três feridos em 09 de março, 60 quilómetros ao sul de Akhdabiya.

Apesar da perda de seu bastião de Sirte, no norte do país, em dezembro de 2016, o EI continua ativo, sobretudo, no centro e no sul da Líbia.

Em 21 de fevereiro, três membros das forças leais ao marechal Haftar morreram num atentado assumido também pelo EI, na região de Wadan.

A Líbia sofre uma insegurança crónica e é palco de lutas de poder desde a queda do governo de Muamar Khadafi em 2011.

Duas autoridades disputam o controle do país: por um lado, o GNA instalado em Trípoli, reconhecido pela comunidade internacional. Do outro, um governo de facto que exerce seu poder no leste do país com o apoio do marechal Khalifa Haftar.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting