• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Vitória de Guimarães B e Académico de Viseu ‘em branco’ em jogo dividido

25/02/2018 20:42

O Vitória de Guimarães B e o Académico de Viseu empataram hoje sem golos, em jogo da 26.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol em que as duas equipas alternaram o domínio, e as oportunidades escassearam.

A formação vimaranense, hoje orientada por Alex Costa, treinador recrutado aos juniores vitorianos, após o técnico do Vítor Campelos ter subido da equipa B para a principal, perdeu os primeiros pontos da segunda volta, após seis triunfos seguidos, e ocupa o 10.º lugar, com 36 pontos.

Já os beirões, apesar de continuarem invictos nos três jogos - um triunfo e dois empates - sob o comando do Manuel Cajuda, técnico que regressou a Guimarães, após ter orientado o Vitória de 2006/07 a 2008/09, são sextos classificados, com 41 pontos.

Após 15 minutos iniciais divididos, com pouco espaço para iniciativas atacantes de ambas as equipas, a turma viseense, ganhou ascendente e criou a primeira ocasião clara da partida, quando Nsor, no ‘coração da área`, cabeceou por cima, após cruzamento de Tomé, da direita, aos 24.

Os vitorianos responderam, e ‘empurraram` o jogo para a metade viseense do terreno no último quarto de hora do primeiro tempo, com um futebol assente na circulação de bola, e até marcaram num cabeceamento de Marcos Valente, aos 34 minutos, mas o árbitro Sérgio Piscarreta considerou que o central vitoriano cometeu falta sobre um adversário.

O Académico regressou do balneário com ímpeto renovado, e um futebol mais veloz, ameaçando a baliza à guarda de Miguel Oliveira em remates de Zé Paulo, aos 48 minutos, de Sandro Lima, a milímetros do poste esquerdo, aos 51, e de Nsor, aos 52.

Com a partida mais movimentada na segunda parte, os vitorianos responderam e quase se colocaram em vantagem, quando Artur Abreu, isolado por Kiko, aos 57 minutos, rematou cruzado para defesa de Peçanha e, três minutos depois, atirou ao lado.

O ritmo caiu gradualmente até ao apito final, com as equipas a revelarem cada vez menos capacidade para desequilibrarem, e a tentativa mais clara de golo surgiu dos pés do vitoriano Xande Silva, num remate de longe, aos 88 minutos.

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória de Guimarães B - Académico de Viseu, 0-0.

Equipas:

- Vitória de Guimarães B: Miguel Oliveira, Sacko, Marcos Valente, Ricardo Carvalho, David Luís, Kiko, Joseph (Xande Silva, 79), Castro, Artur Abreu, Haashim Domingo (Rúben Oliveira, 69) e Bence Biró (Pedro Raúl, 66).

(Suplentes: Daniel Figueira, Edmond Tapsoba, Al Musrati, Rúben Oliveira, João Correia, Xande Silva e Pedro Raúl).

Treinador: Alex Costa.

- Académico de Viseu: Peçanha, Tomé, Bura, Bruno Miguel, Kiko, Capela, Fernando Ferreira, Zé Paulo (Rui Miguel, 72), Sandro Lima (João Mário, 79), Avto e Nsor (Barry, 75).

(Suplentes: Jonas, Lucas, Paná, Tarcísio, Rui Miguel, João Mário e Barry).

Treinador: Manuel Cajuda.

Árbitro: Sérgio Piscarreta (AF Algarve).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bura (44), Kiko (47), Sacko (51) e Pedro Raúl (90+5).

Assistência: 1.909 espetadores.