• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Famalicão regressa às vitórias com golo nos instantes finais

24/02/2018 20:02

O Famalicão regressou hoje às vitórias ao vencer em casa o Sporting da Covilhã por 1-0, em jogo da 26.ª jornada da II Liga portuguesa em futebol, no qual os serranos jogaram com menos um desde os 22 minutos.

Com um golo de Joel aos 89 minutos, o Famalicão, que vinha de duas derrotas consecutivas, conseguiu três pontos que o fizeram ‘saltar` do 12.º para o nono posto, ainda que com um jogo a mais face aos adversários. Já o Sporting da Covilhã soma o quinto jogo sem ganhar.

Num jogo muito fraco, o sentido foi praticamente único uma vez que o Famalicão, apesar da falta de pragmatismo no último terço do terreno ameaçou a baliza adversária, ao contrário do Sporting da Covilhã que praticamente não chegou perto da baliza à guarda de Gabriel e só beneficiou do primeiro canto já nos descontos.

As dificuldades para a equipa serrana começaram cedo, quando, aos 22 minutos, Fatai recebeu ordem de expulsão por alegada agressão a Feliz.

O conjunto orientado por Vasco Seabra tentou usar a superioridade numérica a seu favor, mas teve ao longo de toda a partida um opositor muito atento, o guardião Igor Rodrigues.

Aos 31 minutos, Hocko esteve perto de inaugurar o marcador com um remate forte, mas o guarda-redes visitante conseguiu defender a dois tempos. Depois, aos 37, foi a vez de Feliz rematar ao lado.

Nos descontos do intervalo (45+1) João Faria de cabeça, após passe de Feliz, atirou ao lado, naquela que foi a melhor oportunidade dos minhotos no primeiro tempo.

Na segunda parte, Igor voltou a ‘travar` um remate forte de Denni Hocko (49 minutos), repetindo o feito quando Mendes tentou também com força (54).

A posse de bola e o pendor atacante estava claramente do lado do Famalicão, enquanto a equipa orientada por José Augusto se limitava a defender, mas além da intervenção do guardião visitante, os famalicenses também se podem queixar de falta de pontaria e de demasiada precipitação na hora de dar o golpe final.

Aos 83 minutos, Anderson tentou de cabeça acabar com o nulo, mas a bola saiu ao lado. O golo chegou por Joel, que aproveitou um mau alívio da defesa do Covilhã e à entrada da área, a um minuto do fim do tempo regulamentar, e de primeira, rematou forte sem dar hipóteses de defesa (89 minutos).

Faltava meia dúzia de minutos de jogo (um regulamentar e cinco de descontos) e foi nesse período que se viu o Sporting da Covilhã aparecer. Zarabi ainda cabeceou para defesa de Gabriel aos 90+4, mas a vitória pertenceu mesmo aos locais.

Jogo disputado no Estádio Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Famalicão - Sporting da Covilhã, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Joel, 89 minutos.

Equipas:

- Famalicão: Gabriel, Joel, José Pedro, João Faria, Denner (Vasco, 38), Fabinho (Anderson, 65), Hocko, William (Diogo Cunha, 75), Feliz, Mendes e Jaime Poulson.

(Suplentes: Leonardo, Jefferson, Diogo Cunha, Jorge Pereira, Vasco, Anderson e Jordán.

Treinador: Vasco Seabra.

- Sporting da Covilhã: Igor Rodrigues, João Dias, Zarabi, Joel Vital, Paulo Henriques, Gilberto (Moses, 90+2), Makola, Renato, Fatai, Reinildo (Vitó, 90+2) e Adul Seidi (Amadú Turé, 70).

(Suplentes: Igor Araújo, Amadú Turé, Boubakary Diarra, Abalo, Moses, Vitó e Gerson).

Treinador: José Augusto.

Árbitro: Fábio Piló (AF Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Renato (45), Joel Vital (56), Reinildo (59), Gilberto (62) e Jaime Poulson (87), Diogo Cunha (90+5) e Joel (90+6). Cartão vermelho direto para Fatai (22).

Assistência: 1.155 espetadores.