• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Joaquim Barreto aposta na união do Partido Socialista

24/02/2018 09:57

Candidato encabeça lista única à liderança da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista e elegeu como lema Fortalecer o Partido, Afirmar o Distrito. Eleições estão marcadas para o dia 10 de Março.

Fortalecer o Partido, Afirmar o Distrito é o lema da recandidatura de Joaquim Barreto ao cargo de presidente da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista (PS) e que ontem foi apresentada publicamente. A lista liderada por Joaquim Barreto é a única concorrente ao acto eleitoral do próximo dia 10 de Março, já que o prazo de apresentação de candidaturas terminou precisamente ontem.
Assumindo-se como uma pessoa agregadora de vontades, e perante uma sala cheia, Joaquim Barreto elegeu a preservação da história do PS e a união do partido como os principais objectivos da candidatura. Como em todos os partidos, somos plurais. Há formas de pensar e de agir diferentes. Temos de ter um trabalho muito forte de agregar e de unir. É por essa agregação e união que eu fui desafiado a ser candidato a presidente da federação. O objectivo é fortalecer o partido disse Joaquim Barreto.
O candidato considerou que essa união é fundamental para que o PS tenha mais força a nível nacional.

Apoiar o actual Governo, debater a descentralização com a colaboração dos autarcas, definir estratégias para a aplicação do Quadro Comunitário Portugal 2030 (de acordo com as necessidades das pessoas), a formação de jovens autarcas e a reavaliação do processo de unificação das freguesias são os pontos principais da moção defendida pela candidatura de Joaquim Barreto a presidente da Federação Política Distrital do PS de Braga. As uniões de freguesia foram impostas. Nós não podemos ter imposição. Estamos numa democracia e, como tal devemos fazer uma reavaliação do processo, defendeu Joaquim Barreto.

O candidato conta com a colaboração de Ricardo Costa (director de campanha), Alexandre Maciel (coordenador da moção), Domingos Bragança (presidente da Comissão de Honra) e de Mesquita Machado (mandatário distrital) e Palmira Maciel (das Mulheres Socialistas). Todos eles foram unânimes em definir Joaquim Barreto como uma pessoa agregadora, dedicada ao distrito e sempre disponível, pelo que merece estar à frente dos destinos da federação.