• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Varzim surpreende e vence Penafiel com um golo no final do jogo

10/02/2018 17:42

Um eficaz Varzim alcançou hoje uma importante e feliz vitória, por 3-2, no reduto do candidato à subida Penafiel, que esteve duas vezes em vantagem no marcador, num bom jogo da II Liga portuguesa de futebol.

No jogo de abertura da 24.ª jornada, Ludovic adiantou os penafidelenses no marcador, aos quatro minutos, e Rafa Sousa marcou o segundo, aos 29, desfazendo a igualdade alcançada pelos poveiros aos 14, pelo albanês Zeka, autor do melhor golo do encontro, e repetida mais tarde por Rúben Macedo, aos 48, antes de Buba, aos 90, confirmar a reviravolta e oferecer o triunfo aos poveiros.

Em semana de aniversário (os ‘rubro-negros’ celebraram na quinta-feira o 67.º aniversário), o Penafiel foi quase sempre melhor, dispôs das melhores oportunidades, sobretudo no segundo tempo, mas o guarda-redes Paulo Vítor, um dos melhores em campo, negou o golo, com duas enormes defesas.

Os poveiros, em situação difícil na classificação, foram eficazes, mas também tiveram mérito na forma como conseguiram recuperar a bola no meio campo ofensivo, bem evidente no primeiro ataque, aos dois minutos, com Stanley a proporcionar uma boa defesa a Ivo Gonçalves, num lance que viria a repetir-se ao longo do encontro.

Na resposta, ainda dentro dos cinco minutos iniciais, o Penafiel ganhou vantagem, por Ludovic, a concluir de pé esquerdo, na área, uma jogada de José Gomes na esquerda, em que beneficiou, também, de um corte defeituoso da defesa poveira.

Praticamente na resposta, aos 14 minutos, o albanês Zeka ganhou uma bola no meio campo ofensivo e, à entrada da área, rematou em jeito, empatando o jogo com um golo de grande qualidade, num lance em que se lesionou, obrigando à sua substituição.

As duas equipas apostavam em jogar futebol, com benefícios para o espetáculo e os espetadores presentes, sempre com mais iniciativa dos locais, que voltaram a ganhar vantagem aos 29 minutos, por Rafa Sousa, a emendar um remate de José Gomes, na recarga a uma bola no ‘ferro’ por João Abreu.

O médio penafidelense pareceu adiantado, mas João Pinheiro e o seu auxiliar não perceberam e validaram o lance, como mais tarde, no final do jogo, aconteceu com o tento de Buba, em posição irregular, que decidiu o jogo.

O Varzim surgiu mais adiantado e agressivo na segunda parte, conseguindo empatar logo aos 48 minutos, por Rúben Macedo, em mais um lance ganho pelos poveiros no seu meio campo ofensivo, com o extremo emprestado pelo FC Porto a ficar na ‘cara’ de Ivo Gonçalves e a fazer um golo fácil.

Os locais reagiram bem ao golo, aumentaram a intensidade, explorando bem os corredores laterais, e podiam ter ganho novamente vantagem no marcador, mas Paulo Vítor, aos 56 e 69 minutos, negou o golo a Fábio Abreu, com duas enormes defesas.

Nesta fase, o Varzim estava mais remetido à sua defesa, procurando segurar o precioso empate, mas, num lance de bola parada, aos 90 minutos, logrou marcar o terceiro golo e virar o jogo a seu favor, com Stanley, de cabeça, a colocar a bola em Buba, que, claramente adiantado em relação a Luís Pedro, acabou por bater o desamparado Ivo Gonçalves, num castigo demasiado pesado para o Penafiel.

Com este triunfo, o Varzim consolidou o 15.º lugar, ainda numa posição de risco na classificação, agora com 28 pontos, enquanto o Penafiel, que falhou o ‘assalto’ aos lugares de subida, manteve 37 e, por agora, o quarto lugar.

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel – Varzim, 2-3.

Ao intervalo: 2-1.

Marcadores:

1-0, Ludovic, 04 minutos.

1-1, Zeka, 14.

2-1, Rafa Sousa, 29.

2-2, Rúben Macedo, 48.

2-3, Buba, 90.

Equipas:

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Luís Pedro, José Gomes, Romeu Ribeiro, Rafa Sousa, Ludovic (Fábio Fortes, 63), Gustavo (Hélio, 84), Gleison (Vasco Braga, 63) e Fábio Abreu.

(Suplentes: Tiago Rocha, Diouf, Luís Dias, Vasco Braga, Hélio, Caetano e Fábio Fortes).

Treinador: Armando Evangelista.

- Varzim: Paulo Vítor, Mário Sérgio, Sandro, Jeferson, Rui Coentrão, Rúben Macedo (Buba, 80), Nélson Agra, Nelsinho, Zeka (Ruan Teles, 19, Jean Felipe, 74), Stanley e Diogo Ramos.

(Suplentes: Paulo Cunha, Jean Felipe, Fábio Fonseca, Ruan Teles, Baba Seck, Malele e Buba).

Treinador: Nuno Capucho.

Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rui Coentrão (23), Nélson Agra (38), Sandro (61), e Buba (85).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.