• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Braga reduz taxas municipais para estimular reabilitação do património rural e turismo

11/01/2018 00:02

A Câmara de Braga quer incentivar a reabilitação do património rural e a dinamização turística, reduzindo, para tal, a taxa municipal de urbanização para instalações agrícolas e de licenciamento para empreendimentos e unidades de turismo, anunciou a autarquia.

Na assinatura de dois protocolos de cooperação com a CAVAGRI - Cooperativa Agrícola do Alto Cavado e com a ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, tendo em vista a implementação de ações integradas para o desenvolvimento rural do concelho de Braga, o presidente da autarquia reafirmou aqueles objetivos e o compromisso com o desenvolvimento rural do território.

Assim, a Câmara Municipal de Braga decidiu, entre outras medidas, a redução de 80% por cento da Taxa Municipal de Urbanização para instalações agrícolas e de 50% das taxas de licenciamento para empreendimentos e unidades de turismo.


Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística estavam recenseadas, em Braga, em 2009, 1.180 explorações agrícolas que representavam 15% das explorações existentes no Cávado.

Ainda de acordo com o INE, em 2014, existiam em Braga 527 empresas relativas ao setor primário.