• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Livro Vozes do Silêncio reúne textos de sem-abrigo e escritores conhecidos

04/11/2017 12:42

O livro Vozes do Silêncio - um grupo de sem-abrigo à conquista de cidadania, fruto de uma iniciativa inédita em Portugal e que reúne escritores e fotógrafos reconhecidos, bem como pessoas que já viveram na rua, é lançado quarta-feira.

Na base desta obra está o trabalho da As Vozes do Silêncio, uma plataforma de reafirmação da ação coletiva através da arte que faz parte do Núcleo de Planeamento e Intervenção em Sem Abrigo do Porto (NPISA).

O livro, que junta dezenas de autores, alguns deles com experiência de rua, a viver processos de inclusão, e outros completamente integrados e com reconhecido mérito nas suas áreas de expressão, é apresentado quarta-feira pelas 18:30, no Museu da Santa Casa da Misericórdia do Porto.

Este livro é absolutamente pertinente. É o resultado de um trabalho de quatro anos que é extraordinário. Pareceu-nos que este percurso tinha de ser visível e palpável. A ideia é ter material criativo de pessoas com experiência de rua ao lado, e sem qualquer espécie de distinção, de grandes nomes da literatura e da fotografia, descreveu à agência Lusa Rui Spranger da APURO - Associação Filantrópica e Cultura, entidade que edita a obra.

Os quatro anos aos quais o responsável se refere começaram em abril de 2013, quando os sem-abrigo do Porto ainda nem pensavam em ter um discurso público sobre os assuntos que lhes dizem respeito, lê-se na informação sobre o livro.

O projeto desenvolveu-se até maio deste ano, altura em que os membros da plataforma já tinham dado origem a duas organizações, participado no debate público sobre a nova Estratégia Nacional de Integração de Sem Abrigo e recebido o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na cidade.

O livro, enquanto narrativa documental, inclui reportagens e crónicas publicadas no jornal Público pela jornalista Ana Cristina Pereira com fotos de Paulo Pimenta, Adriano Miranda, Nelson Garrido, Manuel Roberto e Fernando Veludo.

Somam-se contos e poesia, ficção e textos dramáticos, inéditos ou já editados noutros sítios, bem como imagens quer sejam fotografias ou desenhos, da autoria de pessoas que foram ou são sem-abrigo e de artistas, alguns bem conhecidos do grande público.

As páginas do Vozes do Silêncio - um grupo de sem-abrigo à conquista de cidadania incluem ainda crónicas de Luís Fernandes, professor da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto.

Alguns nomes são muito conhecidos e outros menos, mas não sei se alguém vai conseguir destrinçar quem é quem. Esta é uma edição com muita dignidade, é um livro muito bonito do ponto de vista gráfico, conteúdos e papel, exatamente para dar a ideia de que há dignidade e que toda a gente que participa no livro tem muita dignidade, relatou Rui Spranger.

Além de editada pela APURO, a obra conta com o apoio da Santa Casa da Misericórdia do Porto e do jornal Público, da DO AF Conta e Eric Marais.

A receita das vendas reverte para um fundo destinado a completar custos associados às necessidades decorrentes do processo de reinserção, como tratamentos dentários, próteses dentárias, óculos, cauções para acesso a aluguer de casa e equipamento

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting