• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Senado espanhol aprova medidas para travar crise independentista

27/10/2017 08:42

O Senado espanhol deverá aprovar hoje as medidas a aplicar na Catalunha para travar a crise independentista, com alguns partidos a criarem margem para surpresas de “última hora”, nomeadamente uma proposta de eleições antecipadas vinda do governo regional.

As medidas - propostas pelo Governo em Madrid devido à insistência do executivo regional em avançar para a independência - incluem, entre outras, a destituição do presidente e dos ministros do governo regional catalão (Generalitat) e uma convocação forçada de eleições no menor espaço de tempo possível.

A Câmara Alta das Cortes Espanholas debate e vota o decreto a partir das 10:00 (menos uma hora em Lisboa), mas o PP (direita, no poder) e o PSOE (partido socialista) acordaram na quinta-feira prolongar ao máximo o prazo para apresentar emendas ao documento.

À mesma hora em que estará a ser debatido o decreto do 155 no Senado em Madrid, o parlamento regional da Catalunha retoma a sessão plenária que se iniciou quinta-feira.

Nesta sessão no parlamento regional poderão igualmente ser votadas eventuais resoluções dos grupos parlamentares regionais, na sequência das declarações de hoje de Carles Puigdemont.

O presidente da Generalitat, Carles Puigdemont, descartou na quinta-feira a possibilidade de convocar eleições antecipadas - alegando que não recebeu garantias de Madrid de que o 155 seria travado se o fizesse.

Também não declarou formalmente a independência da região, como lhe pedia a ala mais dura dos partidos que o apoiam, remetendo uma eventual decisão para o parlamento regional catalão.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting