• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Luís Carvalhido apresenta ‘Olhares Fragmentados’

25/03/2017 08:57

O Museu D. Diogo de Sousa tem patente até dia 24 de Abril uma mostra de Luís Carvalhido, vencedor da última edição do concurso de fotografia ‘Aqua Cávado - o Rio que nos Une’ promovido pela CIM do Cávado e pela Agência de Energia.
‘Olhares Fragmentados’, composta por 18 imagens, revela-nos a perspectiva peculiar com que Luís Carvalhido olha sobre situações, locais, objectos e pessoas.

Amante da fotografia desde tenra idade, o autor, agora reformado, dedica-se àquela que sempre foi a sua maior paixão ou, como o próprio diz, “uma ligação espiritual”.
“Para fazer fotografia caminho por muito locais, desde a montanha, rios, o próprio mar e isso permite-me ter uma dimensão espiritual e ligar-me à natureza que nos rodeia”, explica Luis Carvalhido que não se debruça sobre nenhum tema em particular. “Gosto mesmo é de fotografar.
E fotografo tudo o que me cative o olhar, a atenção”, continua o autor que é também, actualmente, formador de fotografia, tendo também já publicado um livro sobre o tema intitulado ‘Reflexos Inexplorados’.

Em representação dos Municípios da CIM dos Cávado, Altino Bessa, vereador da câmara de Braga, referiu, na cerimónia de inauguração, que esta mostra constituiu um estímulo para atrair o maior número de pessoas a participar no concurso deste ano e que foi já apresentado. O objectivo é retratar o espaço geográfico em que a CIM do Cávado está inserida, trazendo o maior número de trabalhos para esta terceira edição.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting