• Correio do Minho
Correio do Minho

Correio do Minho

Formulário de pesquisa

Análise sanguínea pode ajudar a despistar Parkinson face a doenças semelhantes

09/02/2017 00:02

Uma análise ao sangue pode ajudar a despistar a doença de Parkinson face a patologias neurológicas semelhantes, conclui um estudo hoje publicado na edição digital da revista Neurology, da American Academy of Neurology.

Segundo o estudo, o teste sanguíneo poderá ser tão preciso quanto uma análise ao fluido do cérebro e da medula espinal para tentar determinar, na fase inicial da patologia, se os sintomas são causados pela doença de Parkinson ou por distúrbios parkinsonianos atípicos.

Identificar o quanto antes estas doenças torna-se importante para os médicos, uma vez que as expectativas em relação à progressão das patologias e aos possíveis benefícios do tratamento diferem entre a doença de Parkinson e os distúrbios parkinsonianos atípicos.

mapa do site

2010 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: New-Consulting